© 20217por ENI SANTOS. Orgulhosamente criado com Wix.com

BIOGRAFIA

Lula Barbosa é o único paulistano de uma família da cidade de Mar de Espanha, interior de Minas Gerais. Talvez por isso, sua música reúna com tanta naturalidade o sabor interiorano e a sofisticação urbana, delimitando um imaginário onde esses elementos se combinam criativa e harmoniosamente.

 

Lula começou sua carreira aos 15 anos, na efervescência do final dos anos 70, quando os esperançosos ares da redemocratização política faziam pipocar no campo da cultura nacional, como era o seu Grupo Semente.

 

No início dos anos 80, decidiu lançar-se em carreira solo, apresentando-se em um bom número das lendárias casas noturnas de São Paulo, como o inesquecível Bar Boca da Noite, no bairro do Bixiga. Nesse ambiente, a verdadeira escola para os que pleiteiam se estabelecer na vida artística, Lula pôde desenvolver sua musicalidade em contato próximo com artistas do quilate de Filó Machado, Geraldo Cunha e outros. E não demorou para que, em 1981, gravasse o seu primeiro compacto, por selo independente. Em 1982, foi convidado a cantar no LP “Cau Pimentel entre Amigos”. Porém, embora fosse ganhando cada vez mais reconhecimento no meio musical, Lula só conseguiu projeção nacional quatro anos mais tarde, quando classificou sua canção Mira Ira no badalado Festival dos Festivais, da Rede Globo. Desde então, tornou-se um compositor requisitado, tendo músicas gravadas por diversos nomes prestigiosos da música brasileira, como Roberto Carlos, Fábio Jr, Jair Rodrigues, Jessé, Sergio Reis e outros, ultrapassando 500 músicas gravadas

 

Na década de 90, gravou vários discos e participou de muitos shows. No ano 2000, volta novamente a ganhar projeção ao interpretar a música Brincos, de Amauri Falabella, que ganhou o prêmio Preferência do Público no Festival da Música Brasileira na Globo. Em 2008 excursionou pelo Norte do país, pelo projeto Pixinguinha, ao lado de Mônica Salmaso e Lui Coimbra.

 

Em sua discografia, incluindo cds, LPs e compactos, há mais de 20 títulos. Graças ao belo timbre vocal e à sincera emotividade de suas interpretações, seus CDs autorais também conseguiram boa repercussão, sobretudo “Os Tempos São Outros”, “A Voz do Violão”, de 1994, indicado ao Prêmio Sharp, e “Amigos, Sonhos e Canções”, de 2005, indicado ao Prêmio TIM.

 

Além de shows em São Paulo, Lula apresenta-se frequentemente pelo país afora, por cidades do Pará, Amapá, Paraná, Santa Catarina, Minas Gerais, Goiás e outros.

 

Já dividiu palco com Djavan, Nelson Cavaquinho, Adoniran Barbosa, Jair Rodrigues e Ivan Lins. Em 2016, iniciou carreira internacional com show em New Jersey e em 2017 representou o Brasil no Celebrate Southlake, no Texas.

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now